Peeling a laser de carbono

Há, nos dias de hoje, 2 tratamentos a laser que fazem o uso de o dióxido de carbono ( CO 2) para fins estéticos: o Laser CO 2 Completo e o Laser CO 2 Fracionado. A diferença é que o primeiro é mais agressivo e a sua recuperação é bem mais lenta.

Saiba Mais: Conheça Dermatologia em BH

O Laser CO 2 Fracionado é uma técnica que associa o vatagem do laser de CO 2 clássico, empregado especialmente para alimentar o envelhecimento da pele, com o vatagem de uma recuperação mais ágil. Variadamente do Laser CO 2 Completo, que age sobre toda a área da pele, o CO 2 Fracionado age em micropontos específicos.

PARA QUE É RECOMENDADO O LASER CO 2 FRACIONADO?

O Laser CO 2 Fracionado é recomendado, especialmente, para aumentar o fachada das rugas finas, do envelhecimento facial, do fotoenvelhecimento, da aspereza, das cicatrizes de espinha, das estrias, das manchas provocadas pelo luz e, similarmente, alguns tumores benignos.

A força emitida pelo laser em “colunas térmicas” age de modo direto sobre a pele alucinado ou envelhecida. Quanto maior a força usada, maior a fundura alcançada. Dessa maneira, é possível aumentar rugas e cicatrizes mais profundas. A recuperação varia entre 3 dias e uma semana, no momento em que são observados todos os afazeres importantes.

Uma análise cuidadosa precisa ser feita por um dermatologista especializado e habituado ao utilização de tratamentos a laser para a pele antes da prática do técnica. A escolha da técnica usada em cada caso depende de diversos elementos, como tendências genéticas, descrição fazenda exagerada sem proteção, nível de envelhecimento, etc.

O peeling a laser com pasta de carbono, em particular, é comumente chamado de “peeling de laser” ou “peeling do tapete vermelho” por conta do interesse das celebridades. Na Ásia, relatos sobre os resultados da tecnologia laser têm se espalhado com a criação de dois apelidos atraentes, incluindo “peeling de boneca chinesa” e “peeling de porcelana”. Não importa do que é chamado, os resultados são os mesmos, uma pele renovada e esfoliada que é amaciada, suavizada e firmada em apenas 20 minutos.

Como o peeling a laser com pasta de carbono funciona?

Rede Sociais: https://www.facebook.com/G2-Portal-de-Noticias-103955877864969/ https://twitter.com/g2portaldenoti1

 

Diferente de outros tratamentos a laser que dependem exclusivamente da energia de luz para transformar a pele, o peeling a laser com pasta de carbono é um processo de 2 etapas. Primeiro, uma pasta de carbono natural luxuosa é aplicada à superfície da pele e deixada para secar. A loção não tóxica tem a aparência de uma máscara de lama com uma coloração marrom acinzentada escura e uma textura bem rica.

Rede Sociais:  https://www.facebook.com/G2-Portal-de-Noticias-103955877864969/ https://twitter.com/g2portaldenoti1

O carbono natural rapidamente absorve os óleos, impurezas e células cutâneas de dentro dos poros e aplica toxinas na superfície. A máscara de carbono também cria um Platô uniforme para a energia do laser. Depois da máscara de carbono ser aplicada, está na hora do laser Q-Switched.

Um bom laser Q-Switched como oé o dispositivo essencial necessário para este tratamento. É um ND: O laser Yag que possui comprimento de onda. Este comprimento de onda possui um nível de absorção maior na melanina e outros pigmentos escuros. Consequentemente, a energia do laser será absorvida em grande parte na máscara de carbono e criará o efeito luminoso que estamos procurando.

FONTE: https://www.r7.com