OTOPLASTIA

Saber como se preparar para a intervenção de aba é indispensável para que pessoas vai corporificar o técnica. A intervenção requer alguns afazeres específicos que precisam ser considerados pelo paciente.

A otoplastia, mais conhecida como a intervenção de aba, serve para censurar orelhas salientes ou desfiguradas, melhorando a maneira, a opinião ou as proporções delas. O técnica corrige defeitos na estrutura das orelhas que são capazes de estar existentes a partir de o surgimento e ficam aparentes com o progresso. Similarmente trata deformações formadas por lesões.

A otoplastia oferece uma maneira mais natural às orelhas, dando imobilidade e proporcionalidade à rosto e melhorando a entono do paciente.

Assim como qualquer homem, as crianças a partir dos 7 anos já são capazes de corporificar a otoplastia. Nessa idade, a cartilagem da aba termina de se reproduzir e já é estável o satisfatório para mudar por correções.

Falaremos embaixo sobre algumas informações e dicas essenciais para você se preparar da melhor maneira para a intervenção de aba.

Procure por um profissional de firmeza

A intervenção precisa ser realizada por um clínico plástico braços da Clube Brasileira de Intervenção Plástica. Uma ótima consulta pré-operatória, além de preparar o paciente para a intervenção, deverá realizar com que ele compreenda seu dificuldade, compreenda a saída asserção, riscas e vantagens do técnica, e alinhe a probabilidade ideal com as capacidade de tratamento e que tipo de resultado será capaz de ser desgastado.

Então, faça uma estudo e faça a sua intervenção de aba com um médico de firmeza.

Esclareça todas as dúvidas sobre a sua intervenção de aba
É de extrema valia comunicar todas as dúvidas com o clínico plástico sobre a otoplastia. É natural sentir impaciência e dúvidas antes do técnica, seja pela probabilidade pelos resultados ou pelo pavor do processamento pré e pós-operatório.

O clínico precisa esclarecer como cuidar das orelhas após a intervenção, os remédios que precisam ser aplicados ou tomados para auxiliar na cicatrização e como diminuir os riscas de infecção.

Planeje uma data benigno

Saiba Mais: A Otoplastia está entre os dez procedimentos médicos mais realizados no Brasil

O planejamento da data da intervenção é primordial para a sua recuperação. Uma vez que, são importantes alguns dias de afazeres específicos visando o sucesso da intervenção.
Em crianças, dependendo do tipo de revisão na aba e se houver maior inchaço, frequentemente recomenda-se esperar de 2 dias a uma semana para voltar à academia, para evitar o perigo de trauma nas orelhas recém-operadas. 30 dias sem realizar pedagogia física.. Nos adultos, frequentemente em 2 dias. Exercício física deverá ser rápido no início, evitando-se trauma no local operado.

Exames laboratoriais

A otoplastia é realizada com anestesia local, com ou sem sedação e, às vezes com anestesia maior parte. No caso da anestesia local somente, exames de sangue são suficientes. Caso tenha sedação ou anestesia maior parte, requer que sejam realizados todos os exames pré-operatórios preconizados. Entre eles estão o exame de sangue, e pode ser preciso Rx do busto e o eletrocardiograma com perigo cirúrgico.

Precisa ser quebrado o utilização de qualquer outro medicamento que altere a coalhadura do sangue, como por exemplo, o ácido acetilsalicílico.

Pare de fumar antes da intervenção

O comportamento de fumar amplifica, significativamente, o perigo de problemas ao longo e depois de uma intervenção plástica, especificamente no aparelho respiratório.
A nicotina e as toxinas provocam uma redução no calibre dos vasos sanguíneos, prejudicando a circulação. Isto significa que chegarão pouco gás e nutrientes aos tecidos cutâneos, o que não apenas dificulta a cicatrização, porém amplifica, vertiginosamente, o perigo de necrose na pele.

 

Dessa forma, a orientação é paralisar de fumar, ao menos, ao longo 30 dias antes e 30 dias em seguida do técnica. O clínico precisa entregar todos os causas de por que paralisar de fumar antes de uma intervenção plástica e esclarecer todos os riscas envoltos caso o paciente não siga as orientações relacionadas ao cigarro.

Confirmar ao médico sobre o comportamento de fumar é fundamental para que ele possa identificar os riscas de reproduzir problemas em cada paciente e estorvar, no momento em que preciso, para preveni-los.

Resultado da intervenção de aba

Saber como se preparar para a otoplastia irá auxiliar bastante nos resultados da intervenção. Em casos de orelhas de abano, frequentemente os resultados são aproximadamente imediatos e visíveis embora do inchaço.

As cicatrizes da intervenção ficam bem escondidas atrás da aba, acompanhando as suas dobras naturais. Caso a intervenção seja fechamento, ela não tem cicatrizes, somente os pontos de chegada da rumo.

FONTE: https://www.r7.com