Abdominoplastia recuperação

A recuperação total da abdominoplastia ocorre em aproximadamente 60 dias depois a cirurgia, se não houver complicações. Durante este período é normal ter dor e desconforto, que pode ser amenizada com o uso de analgésicos e da cinta modeladora, além de ter cuidados com a postura para andar e para dormir.

Geralmente, os resultados são visíveis logo após a cirurgia, ficando a barriga lisa, chapada e sem gordura, embora possa permanecer inchada e com hematomas durante cerca de 3 semanas, principalmente, quando se faz também uma lipoaspiração no abdômen ou nas costas, ao mesmo tempo.

 

Como é a Recuperação da abdominoplastia

As primeiras 48 horas após a cirurgia são aquelas que o paciente tem mais dor e, por isso deve permanecer na cama, deitado de barriga para cima e o analgésico indicado pelo médico, além de nunca tirar a cinta e fazer movimentos com os pés e pernas para evitar a trombose.

 

Cuidados na 1ª semana

Durante os 8 dias seguintes à cirurgia ao abdômen o risco de ter complicações, como reabertura da cicatriz ou infeção desta é mais elevada e, por isso deve-se seguir todas as indicações do médico para que a recuperação corra bem.

 

Assim, na primeira semana, deve-se:

Acesse Aqui: Conheça a clinica Dra. Adriana Lembi

 

Dormir de barriga para cima;

Não tirar a cinta, somente para tomar banho;

Só tirar as meias elásticas para tomar banho;

Tomar os remédios indicados pelo médico;

Mexer os pés e pernas a cada 2 horas ou sempre que se lembrar;

Andar com o tronco ligeiramente inclinado para frente para evitar a reabertura dos pontos;

Fazer a drenagem linfática manual em dias alternados, por pelo menos 20 vezes;

Ser acompanhado por um fisioterapeuta dermato funcional para observação de complicações ou necessidade de retoques que possam melhorar a aparência final.

Além disso, não se deve mexer na cicatriz e se o curativo parecer sujo deve-se voltar à clínica para trocá-lo.

 

Quando voltar a dirigir

As atividades da vida diária podem aos poucos serem retomadas, porém deve ser feito pouco a pouco, sempre respirando o limite da dor, sendo aconselhado evitar esticar muito o abdômen e não fazer esforços. Desta forma, só se deve dirigir após 20 dias e quando se sentir segura.

Deve-se evitar longas distâncias e se possível adiar a volta à direção para após 30 dias da cirurgia.

 

Quando voltar ao trabalho

A pessoa pode voltar ao trabalho, se não tiver que ficar muito tempo de pé e se não tiver que fazer exercícios vigorosos, em cerca de 10 dias a 15 dias depois da cirurgia.

 

Quando voltar para academia

O retorno à prática de exercícios físicos deve acontecer cerca de 2 meses depois, com exercícios muito leves e sempre acompanhados do educador físico. Os exercícios abdominais só devem, preferencialmente, ser realizados após 60 dias e se não tiverem tido complicações como abertura dos pontos ou infecção.

Inicialmente são recomendados exercícios aeróbicos como andar de bicicleta, por exemplo.

Rede Sociais: https://www.facebook.com/G2-Portal-de-Noticias-103955877864969/ https://twitter.com/g2portaldenoti1

 

Sinais de alerta

É importante voltar ao médico se observar:

Curativo muito sujo de sangue ou outros líquidos;
Abertura da cicatriz;

Febre;

Local da cicatriz ficar muito inchado e com líquido;
Dor exagerada.

O médico pode observar os pontos e os resultados nas consultas de pós-operatório. Pro vezes, o corpo reage formando um tecido endurecido ao longo da cicatriz e neste caso pode-se fazer um tratamento estético indicado por um fisioterapeuta especialista.

FONTE: https://www.r7.com