PRODUÇÃO DE PLACAS

Dicas para a produção de novas placas!

Conheça melhor como arquitetar
placas e fachadas

Como adotar o reverb acertado?

Todas as reverberações Exponential Audio fornecem uma grande diversidade de predefinições. Deixando de lado os quartos para o hora, a maior parte dos reverbs baseia-se em variantes de Chambers, Plates ou Halls.

E, evidente, qualquer cliente pode fácil adulterar o forma subjacente com uma difusão ágil. Por isso, qual é a diferença? E por que eu escolheria um sobre o outro? Todos estes tipos abrange precedentes históricos, com o Antessala como o primeiro adágio. A dependência de concertos como a conhecemos agora é uma obra do século XIX. Os desempenhos anteriores ocorreram em salões de festas, igrejas ou mais espaços não impreterivelmente criados com a mente da som. No momento em que a som começou a ser realizada para o público em maior parte, foram construídos espaços que poderiam acalmar algumas centenas de ouvintes. Enquanto as décadas seguintes trouxeram vários refinamentos, a idéia básica de um salão também é o que era por isso – um espaço retangular com vários assentos.

Acústicamente, isto significa tempos de alastramento razoavelmente longos e concentração ameno de reverberação. Similarmente permite a reverberação de longos comprimentos de onda, com um elemento de baixa freqüência tipicamente arraigado. Alpha placas e fachadas Logo após, a alcova aparecia na sua maneira mais básica – uma casa de banho ou escada com um microfone e falante. Foi uma forma eficaz de realizar um reverb – a partir de que o local permaneceu adormecido. No decorrer do tempo, diversas câmaras construídas especialmente encontraram caminho para os estúdios.

Exemplos notáveis ​​incluem aqueles em Abbey Road e Capitol Records. Como uma alcova frequentemente é bastante jovem, a reverberação atinge a condensação adágio bastante depressa. As freqüências baixas são tipicamente problemáticas e frequentemente são limitadas pelo EQ na eletrônica da alcova. Finalmente, possuimos a chapa. Uma chapa é o que parece – uma grande chapa de metal (por volta de um andamento por 2) com os transdutores anexados. É o mais acelerado para agir a cada um dos sistemas, e frequentemente é o mais difuso. É muito abaladiço à sua adiamento (um sistema de molas) e pode mostrar uma amplo variabilidade de uma chapa para a próxima. De fato não há regras duras e rápidas sobre o que utilizar, porém há causas pelas quais os misturadores se inclinam em uma direção ou outra. Em razão de seu prolongado tempo de alastramento, um salão esporadicamente é utilizado em via de percussão. Os primeiros “rejeições” de um transiente forte são muito audíveis e frequentemente são bastante perturbadores. Isso talvez pode ser abatido ao reforçar a alastramento ou discagem em um dimensão de dependência menor. Porém frequentemente, outra construção reverb é uma escolha melhor. Uma alcova funciona bem para percussão. Por sua classe, é mais difusa e as consideração discretas esporadicamente são um dificuldade. Placas e fachadas

Um prato similarmente é uma ótima escolha e frequentemente é a compilação mais popular. Ainda que não seja de fato efetivo, um prato pode ser bastante lisonjeiro para um snare drum ou para uma percussão de mão. Se você possui misturas favoritas, constantemente realmente compensa experimentar adestrar-se sobre o que foi utilizado para a combinação. Para mais tipos de fontes de áudio, suas seleções são capazes de ser mais abertas. Os arma da som popular respondem bem aos pratos. As almofadas sintéticas são capazes de ter êxito bem em placas ou câmaras. A voz pode ter êxito em qualquer coisa, dependendo do aparelhagem maior parte que você quer. Os saltos discretos de um salão – os mesmos saltos que são capazes de abduzir a percussão – são capazes de proporcionar um batimento subliminar que faz uma voz anunciar amplo em uma balada. Porém, de novo, não há nada como estudar mixagens que você adora e experimentar identificar as assinaturas dos diversos tipos de reverberação que eles usaram. Placas, câmaras e salões reais também fazem parte da som moderna. Uma última palavra sobre os quartos. Os quartos no Exponential Audio são criados em qualquer um dos tipos de reverberação. Existe um explicativo aqui que pode ensinar-lhe mais. Os quartos são usados na combinação para várias finalidades distintos. Às vezes você pode desejar um quarto para uma combinação íntima – uma coisa contrabalançado e harmonioso. Em outras ocasiões, você pode necessitar de um para o trabalho de foley em um filme, no momento em que a musicalidade não faz parte da imagem. Vários dos salas Exponential Audio apresentam coloração acintoso que funciona de maneira atraente em uma situação e terrivelmente em outra. Por este razão, recomenda-se a descoberta. A dependência excelente para um Strat / Marshall pode ser a coisa errada para um Les / Twin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *